Sobre Deus

A grande maioria das falsas doutrinas se apoia num conceito errado sobre Deus. Por outro lado, a verdade se apoia no fato de conhecermos verdadeiramente a Deus. Ele é o mais importante de todos os fundamentos. Se o seu entendimento sobre quem Ele é estiver correto...

Sobre Jesus

Jesus foi o homem mais brilhante que já viveu sobre a face da terra. Ele é a pedra fundamental da nossa fé. Nele estão escondidos todos os tesouros da sabedoria e da ciência. Sua vida e sua obra manifestaram ao mundo o amor e o coração do único Deus verdadeiro. Sua história começa muito antes...

Sobre a Igreja

A maioria das pessoas tem uma ideia errada sobre o que é a Igreja. Precisamos deixar de lado tudo que julgamos saber sobre "igreja", olhar unicamente para a Palavra de Deus e pedir ao Senhor que nos mostre, em Cristo, a sua Igreja. Conhecendo a Cristo, conheceremos também a Igreja...

Para Memorizar

Arrependimento é mudança de atitude interior. (Mc 1:14-15)

Como parte do plano de Deus de voltar a unir todas as coisas sob um único cabeça – Cristo, o Senhor (Ef1:9-10) – a proclamação do Evangelho do Reino convoca a pessoa a se entregar ao senhorio de Jesus Cristo, numa profunda dependência do Espírito Santo e viver sob o governo de Deus. Mas para entrarmos no Reino de Deus, existe uma porta pela qual devemos passar. Ninguém se coloca sob o governo de Deus sem passar por ela.

Em At 2:22-39, imediatamente após o derramamento do Espírito Santo, vemos a Igreja começando a obedecer a ordem do Senhor para fazer discípulos. Nessa ocasião, uma poderosa proclamação do evangelho resultou na conversão de três mil pessoas. Podemos observar também qual foi o procedimento dos apóstolos para com aqueles que creram: eles os conduziram para a Porta do Reino de Deus.

Pondo-se de pé, juntamente com os outros apóstolos, Pedro iniciou proclamando sobre Jesus. Essa foi a primeira parte da mensagem. Ele falou sobre: 

  • Seus milagres, prodígios e sinais (v22, obra tremenda e grandiosa )
  • Sua morte na cruz (v23, mostrando que o Pai o entregou )
  • Sua ressurreição (v24-32, usando duas provas: as promessas feitas a Davi e o testemunho deles mesmos, que viram a Jesus ressuscitado)
  • Sua exaltação (v33-35).
  • O senhorio de Jesus Cristo (v36).

Esta proclamação sobre Jesus, sua vida, morte, ressurreição, exaltação e senhorio é que produz fé no coração daquele que ouve. Ninguém pode experimentar o novo nascimento se não for pela fé no Senhor ressuscitado (Rm8:9).

(Isso não pode ser algo formal, acadêmico ou decorado. Mas deve ser simples, cheio de alegria, autoridade e unção do Espírito Santo. Aquele que proclama deve estar cheio de fé, para produzir fé naquele que ouve).

Quando os que ouviram Pedro creram na sua palavra e temeram (v37), ele lhes deu a segunda parte da mensagem (v38). Na primeira parte (v22-36) ele falou do que Jesus fez. Agora ele vai falar do que Jesus quer que nós façamos.

At 2:38 Pedro então lhes respondeu: Arrependei-vos, e cada um de vós seja batizado em nome de Jesus Cristo, para remissão de vossos pecados; e recebereis o dom do Espírito Santo.

Aqui há uma indicação clara. São três realidades distintas que devem ser experimentadas logo no início de nossa vida com Cristo.

  • As duas primeiras são condições para entrarmos no Reino de Deus.
  • A terceira é uma promessa de Deus para aqueles que preenchem as condições.

Podemos dizer que esta é a Porta do Reino. A fé na proclamação de Jesus não é a própria entrada no reino. A fé é a base, aquilo que vai me dar poder para entrar, vai me dar poder para ser um filho de Deus (Jo1:12).

A fé não é a porta do reino, ela é o que dá poder para entrar. A porta de entrada do Reino de Deus constitui em:

  • Arrepender-se
  • Ser batizado em nome de Jesus
  • Receber o dom do Espírito Santo

Em resumo, Pedro falou de duas coisas: Jesus e a Porta do Reino. Isto é o que devemos falar para fazer discípulos.

Falar da obra de Jesus na esperança de que os homens creiam sem colocar as condições para sejam discípulos, produz uma fé que não tem como se expressar e logo se torna uma fé morta. Este tem sido um dos principais erros da Igreja neste século.

Por outro lado, falar das demandas (exigências) do reino, sem comunicar a graça de Jesus Cristo produz uma religiosidade legalista e sem poder. Do mesmo modo que estar arrependido e batizado sem receber o Espírito Santo implica numa vida infrutífera no desempenho do seu serviço. É necessário comunicar a verdade sobre Jesus (v22-36), os mandamentos e a promessa (v38). A verdade produz fé para a obediência, os mandamentos direcionam essa obediência e a promessa capacita para o testemunho.

Arrependimento

ArrependimentoÉ muito importante entendermos bem o que é arrependimento. Nós estamos rodeados de conceitos do mundo e de conceitos religiosos que não definem exatamente nosso problema com Deus. Todos que ouvirem o evangelho devem ter esta luz, este entendimento: qual é o seu problema com Deus, e qual a solução do problema.

Batismo nas águas

Batismo nas ÁguasEste é outro passo que está associado à porta do reino. Não é um passo do caminho. Não é para depois de algum tempo de vida cristã. É urgente e importante. O Batismo é um ato físico repleto de significados e realidades espirituais. Conheça aqui o que a bíblia diz sobre o batismo.

Dom do Espírito Santo

Dom do Espírito SantoO Dom do Espírito Santo é uma experiência simples, é para todos os filhos de Deus e deve ser encarado de forma prática. Todo discípulo de Jesus deve receber esse revestimento de poder para viver de forma santa, e cheia de poder espiritual.