Para Memorizar

O Batismo é nossa união com Cristo Jesus (Gl 3:27)

 

Hebreus 3:7-8 “Assim diz o Espírito Santo: Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração, como na rebelião, durante o tempo de provação no deserto”.

Quando Deus libertou o povo de Israel da escravidão no Egito, ele os conduziu pelo deserto até a terra de Canaã, que ele tinha prometido a Abraão e seus descendentes. Apesar de terem visto muitos milagres de Deus na jornada, quando os israelitas chegaram ao seu destino, eles não confiaram que Deus realmente lhes entregaria a terra prometida e ficaram com medo dos povos que habitavam ali. Eles endureceram seus corações e não quiseram entrar, ameaçando apedrejar Moisés, Arão, Josué e Calebe, que pretendiam avançar. Essa atitude de desconfiança foi um ato gravíssimo, pois questionou o caráter de Deus e sua capacidade de cumprir suas promessas. Eles provocaram a ira de Deus, e como consequência, foram obrigados a retornar ao deserto e peregrinar por mais trinta e oito anos, até que todos os incrédulos tivessem perecido e uma nova geração pudesse tomar Canaã.

A Promessa do Espírito Santo

No texto que abre esse capítulo, o Espírito Santo traz para os dias de Hoje o perigo de endurecermos nossos corações para as promessas de Deus, pois estamos diante de novas e mais preciosas promessas e não podemos permitir que a incredulidade tome conta de nós e nos afaste delas, como aconteceu com os israelitas no deserto. Um aspecto interessante desse alerta é que uma das promessas mais esquecidas, ou negligenciadas, em nossos dias diz respeito exatamente ao Espírito Santo.

Jo 14:16-17 E eu pedirei ao Pai, e ele lhes dará outro Conselheiro para estar com vocês para sempre, o Espírito da verdade. O mundo não pode recebê-lo, porque não o vê nem o conhece. Mas vocês o conhecem, pois ele vive com vocês e estará em vocês.

At 1:4-5 Certa ocasião, enquanto comia com eles, deu-lhes esta ordem: "Não saiam de Jerusalém, mas esperem pela promessa de meu Pai, da qual lhes falei. Pois João batizou com água, mas dentro de poucos dias vocês serão batizados com o Espírito Santo".

At 1:8 Mas receberão poder quando o Espírito Santo descer sobre vocês, e serão minhas testemunhas em Jerusalém, em toda a Judéia e Samaria, e até os confins da terra.

At 2:1-4 Chegando o dia de Pentecoste, estavam todos reunidos num só lugar. De repente veio do céu um som, como de um vento muito forte, e encheu toda a casa na qual estavam assentados. E viram o que parecia línguas de fogo, que se separaram e pousaram sobre cada um deles. Todos ficaram cheios do Espírito Santo e começaram a falar noutras línguas, conforme o Espírito os capacitava.

A promessa do Espírito Santo vem desde as páginas do Antigo testamento, permeia os evangelhos, se cumpre no livro de Atos e atinge cada um de nós na atualidade. Os que recebem o Espírito Santo nascem de novo e são revestidos com um poder tremendo, que transforma a vida e capacita a manifestar dons espirituais e proclamar o evangelho com ousadia. Cada um de nós precisa “entrar” nessa promessa.

At 2:39 Pois a promessa é para vocês, para os seus filhos e para todos os que estão longe, para todos quantos o Senhor, o nosso Deus chamar.

Não é possível viver a vida cristã sem o fluir constante do Espírito de Deus. Será difícil, penoso e não haverá descanso, pois não há poder em nós capaz de impulsionar o tipo de vida estabelecido nas Escrituras. Mas Deus é poderoso para fazer muito mais do que pensamos, pois ele é incomparável, sua grandeza é suprema.

Ef 1:18 Oro também para que os olhos do coração de vocês sejam iluminados, a fim de que vocês conheçam a esperança para a qual ele os chamou, as riquezas da gloriosa herança dele nos santos e a incomparável grandeza do seu poder para conosco, os que cremos, conforme a atuação da sua poderosa força. Esse poder ele exerceu em Cristo, ressuscitando-o dos mortos e fazendo-o assentar-se à sua direita, nas regiões celestiais.

Para expressar grandeza desse poder, Paulo toma como base a ressurreição de Cristo dentre os mortos: Jesus já estava morto a três dias, mas quando o poder de Deus operou nele de tal forma que ele ressuscitou dentre os mortos com um corpo transformado, um corpo capaz de aparecer e desaparecer, travessar paredes e portas fechadas. E mais do que isso, o elevou ás regiões celestiais, fazendo-o assentar-se à direita de Deus. Esse poder que operou em Cristo, é o mesmo poder de Deus comunicado à nós quando recebemos o Espírito Santo. Por esse poder somos salvos! Ele, no entanto, não é para todas as pessoas, pois o texto diz que esse poder é para nós, “os que cremos”. É pela fé que recebemos o Espírito, confiando em Deus que fez a promessa. É por pura graça, sem que seja necessário qualquer merecimento ou preparação. É um dom, um presente de Deus para os que creem. Esse fato é importantíssimo, pois se é uma promessa, requer fé naquele que prometeu. E se requer fé, não podemos ser tomados pela incredulidade como os antigos israelitas.

O primeiro aspecto dessa fé e crer que nós, que somos filhos de Deus, temos o Espírito Santo. Ele está em nós! Não deve haver qualquer tipo de dúvida sobre esse fato, pois “a promessa é para todos” e “se alguém não tem o Espírito de Cristo, não pertence a Cristo” .

1Co 3:16 Vocês não sabem que são santuário de Deus e que o Espírito de Deus habita em vocês?

O segundo aspecto dessa fé diz respeito à operação do Espírito em nós. Ou, sendo mais específico, à percepção e manifestação de sua presença em nós. Pois ele não veio habitar em nós para ficar dormente, mas ativo. Mesmo sabendo que o Espírito Santo habita em nós, devemos pedir a Deus que derrame sobre nós uma medida transbordante que manifeste em nós sua virtude e seu poder, crendo que ele realmente nos concederá mais.

Lc 11:13 Se vocês, apesar de serem maus, sabem dar boas coisas aos seus filhos, quanto mais o Pai que está no céu dará o Espírito Santo a quem o pedir!

As palavras que usei em itálico no parágrafo anterior tem um significado muito especial, pois precisamos crer que o Espírito Santo está em nós e pedir que Deus derrame mais desse mesmo Espírito sobre nós, crendo que ele assim o fará. Então, peça com fé e receba! Ao receber agradeça a Deus. Abra a sua boca e glorifique ao Senhor! Ao começar a perceber a doce presença do Espírito de Deus seu coração solte sua voz e glorifique o Senhor com cânticos espirituais por causa desse precioso presente. Sua gratidão deve ser tão grande quando o presente que você recebeu!

 Não se embriaguem com vinho, que leva à libertinagem, mas deixem- se encher pelo Espírito, falando entre si com salmos, hinos e cânticos espirituais, cantando e louvando de coração ao Senhor, dando graças constantemente a Deus Pai por todas as coisas, em nome de nosso Senhor Jesus Cristo.

Você ficará leve pela graça de Deus, seu interior será confortado pelo seu amor, e seu espírito perdoado e livre dos seus pecados, exaltará o nome de Jesus! Por isso, "Hoje, se vocês ouvirem a sua voz, não endureçam o coração”. Rendam-se ao Senhor e desfrutem da paz do gozo, da alegria e do poder de ser cheio do Espírito de Deus.