1. Skip to Menu
  2. Skip to Content
  3. Skip to Footer

A Família Cristã

Família, a Base da Sociedade Humana


Deus, por meio de Jesus Cristo se propõe a abençoar todas as famílias da terra, cumprindo a antiga promessa feita a Abraão: At 3:25-26 "Vós sois os filhos dos profetas e do pacto que Deus fez com vossos pais, dizendo a Abraão: Na tua descendência serão abençoadas todas as famílias da terra. Deus suscitou a seu Servo, e a vós primeiramente vo-lo enviou para que vos abençoasse, desviando-vos, a cada um, das vossas maldades."

O que é a Família?


Gn 1:27-28 "Criou, pois, Deus o homem à sua imagem; à imagem de Deus o criou; homem e mulher os criou. Então Deus os abençoou e lhes disse: Frutificai e multiplicai-vos; enchei a terra e sujeitai-a; dominai sobre os peixes do mar, sobre as aves do céu e sobre todos os animais que se arrastam sobre a terra."

Gn 2:24 "Portanto deixará o homem a seu pai e a sua mãe, e unir-se-á à sua mulher, e serão uma só carne."

A família, criação de Deus, é a comunidade primária da raça humana, e é constituída pela união do homem com a mulher. A família vem antes de qualquer outra instituição; vem antes da cidade ou da nação.

A família é a célula primogênita da sociedade humana


Os séculos passam e os homens continuam integrando-se em famílias; por isso dizemos que a família é o núcleo básico da sociedade. Deus é o criador da família, e como tal, é o único que tem autoridade e direito para dizer o que é a família, para que ela existe, e como deve funcionar. A família só pode viver e se desenvolver normalmente, se contar com a benção de Deus.

Sl 127:1 "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam; se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela."

Situação atual das Famílias


A crise vivida pela nossa geração está localizada principalmente nos lares. Assim como o primeiro pecado foi cometido dentro da família e atentou contra ela ( ver Gn3:6 ), também em nossos dias a maioria dos pecado são cometidos dentro da família e vão contra ela.

Nos lares existem tensões, contendas, discussões, rixas, gritos, ofensas, ressentimentos, amarguras, e até separações e divórcios.
A família é alvo de Satanás e seu objetivo é destruí-la.

  • A deterioração dos valores tradicionais, o incremento dos conflitos familiares, o número crescente de separações e divórcios são de proporções alarmantes.
  • A igreja tem algo a oferecer as famílias de nossa sociedade para salvá-las?

Há solução em Jesus Cristo para as crises familiares?

Respondemos enfaticamente que SIM !

A deterioração da família ocorre porque as ordens de Deus tem sido ignoradas, abandonadas e trocadas por critérios humanos.

Razão do Presente Estudo

  • Conhecer bem a ordem de Deus para a família, para poder viver de acordo com ela e ensiná-la a outros.
  • Proteger nossas esposas, esposos e filhos das artimanhas de Satanás e da corrente mundana do humanismo que destrói a família. 
  • Formar comunidades baseadas nas famílias que encarnem os ensinamentos do Reino de Deus. Sabemos muito bem que a Igreja nunca será mais forte do que as famílias que a compõem.
  • Levar nossas famílias a serem modelos para a sociedade

Devemos assimilar que nossa contribuição será eficiente se o ensinamento vier acompanhado pelo exemplo de nossas famílias.

Mt 5:13-14 "Vós sois o sal da terra; mas se o sal se tornar insípido, com que se há de restaurar-lhe o sabor? para nada mais presta, senão para ser lançado fora, e ser pisado pelos homens. Vós sois a luz do mundo. Não se pode esconder uma cidade situada sobre um monte"

Recursos que Temos para Reconstrução da Família


1) Orientação precisa da Palavra de Deus


Somos muito afortunados! Deus, pela sua Palavra, nos dá instrução sobre todos os aspectos da vida familiar. Seus ensinamentos são claros, sinceros, precisos e perfeitos (Sl 19:7-9). São para todas as famílias em todas as épocas.

2) O poder transformador do Espírito Santo


Mediante o Espírito Santo, temos em nós a força do Senhor para mudar, melhorar e superar-nos até chegarmos a ser famílias saudáveis e santas para a glória de Deus. O fruto do Espírito Santo (Gl5:22-23), manifestado em nós, faz aflorar todas as virtudes necessárias para que tenhamos uma harmoniosa convivência familiar. Aleluia!

3) A valiosa ajuda da comunidade cristã


Na Igreja, sempre encontraremos pastores ou irmãos mais crescidos a quem poderemos recorrer em busca de sabedoria, conselho e orientação. Além disso, haverá ali famílias bem formadas que nos servirão de valiosos exemplos e modelos, dos quais vamos aprender e aos quais devemos imitar.

Nosso compromisso de Fé


Mt 6:10 "Venha o teu Reino, seja feita a tua vontade, assim na terra como no céu"

Queremos Ter lares como Deus planejou. Queremos aprender a ser famílias que vivem a realidade do reino dos Céus aqui na Terra, debaixo do senhorio de Jesus Cristo.

Fp 1:6 "...tendo por certo isto mesmo, que aquele que em vós começou a boa obra a aperfeiçoará até o dia de Cristo Jesus..."

Cremos de todo coração que Deus nos aperfeiçoará ate chegarmos a ser um povo de seu agrado:

  • Um povo formado por famílias sólidas, estáveis.
  • Solteiros que mantenham sua castidade.
  • Casais que convivam em harmonia e fidelidade.
  • Filhos respeitosos, esposas submissas, maridos amorosos e responsáveis.
  • Um povo que saiba trabalhar, estudar, progredir, casar-se, comer, criar filhos, descansar, honrar os mais velhos, divertir-se, recrear-se; que tenha casas cômodas prósperas, organizadas, harmoniosas.
  • Um povo de pessoas diligentes, cumpridoras de suas obrigações, laboriosas, generosas, que saibam servir.
  • Um povo harmonioso, formado por famílias saudáveis e felizes onde haja amor paz e ordem.

Para que Existe a Família


Antes de estudar os diferentes aspectos da vida familiar, parece fundamental focalizar o Propósito Eterno de Deus para ela, já que isto dará sentido e razão a todos os temas seguintes.

  • Para que existe a nossa família?
  • Para que nos casamos?
  • Temos objetivos claros?
  • Temos um propósito definido?
  • Qual deveria ser o propósito para a família cristã?

Somente alguns fazem estas perguntas a si mesmos com seriedade. A maioria das pessoas vive em família sem considerar o tema com profundidade.

1) Carência de propósito


Muitos simplesmente não determinam nenhum objetivo. Casam-se, trabalham, se esforçam, adquirem coisas, tem filhos, mas não sabem para que.
Se perguntarmos à maioria dos noivos, próximos ao casamento "para que estão se casando?", certamente não dariam uma resposta correta e clara. Planejam muitíssimos detalhes do casamento : o vestido, a festa, a viagem, os móveis, a lista de convidados, etc. mas provavelmente jamais formularam esta pergunta fundamental: "Para que vamos nos casar?"

É esta falta de propósito que leva a maioria dos pais a crer que são bons pais se apenas dão para seus filhos a comida, roupa, habitação, atenção médica, educação escolar, recreação, etc. Não percebem que embora tudo isso seja importante, não é o essencial.

2) Objetivos equivocados


A falta de propósito definido para a família faz com que corramos atrás de objetivos errados e façamos dos meios um fim, ou do secundário o primordial.

3) Objetivos materiais


O progresso material tem se tornado o objetivo principal de muitas famílias. A grande meta é o "conforto". Perdem a vida desejando e trabalhando para alcançar o desejado; logo depois, continuam trabalhando para manter o que conseguiram. Seu pensamento sempre está atrás de uma nova aquisição, sacrificam e põem a família de lado para conseguir o que desejam.

Lc 12:15 "E disse ao povo: Acautelai-vos e guardai-vos de toda espécie de cobiça; porque a vida do homem não consiste na abundância das coisas que possui."

Gratificação pessoal e egoísta

Há alguns que se casam pensando apenas em si mesmos. Seu objetivo é apenas receber e não dar, não é servir é ser servido. Seja na área material, sexual, nas responsabilidades familiares. Seu fracasso é certo.

Adoração da própria família

Alguns fazem da família um fim em si mesmo. A felicidade pessoal e a convivência se tornam a meta mais alta da vida familiar. Mesmo que não se dêem conta disso, consideram a Deus como um excelente meio de conseguir seu bem estar. Tais famílias vivem muito preocupadas e atarefadas por sua própria fama e renome. Dedicam-se por inteiro a obter sua própria comodidade e prazer.

Obtenção de benefícios legítimos da vida familiar

Este é o principal objetivo que leva a maioria das pessoas a se casar , mesmo que não se apercebam disso conscientemente. Evidentemente, há benefícios legítimos que o próprio Deus tem outorgado ao casamento: alegria de viver em companhia, o poder dar e receber afeto, a felicidade e deleite que proporcionam as relações sexuais, o fato de estar arraigado e pertencer a um núcleo familiar, a cobertura e proteção que se alcança, a benção de ter filhos, etc.

Perguntamos então: "Está certo fazer destes benefícios o propósito para a família?"

A resposta é NÃO. No desenvolvimento do tema ficará clara a razão deste não.

Considerações Básicas


Rm 11:36"Porque dele, e por ele, e para ele, são todas as coisas; glória, pois, a ele eternamente. Amém."

1) Deus é o Criador da Família


Deus criou todas as coisas. Fez o homem e a mulher e os uniu mo casamento. Ele instituiu o casamento para todas as gerações. É Ele quem dá os filhos. Ele é o autor e criador da família.

2) Deus é o Dono da Família


Toda criação pertence a Deus. Portanto, a família também lhe pertence. Assim podemos afirmar que não é "nossa" família, mas "Sua" família; não são "nossos" filhos, mas "Seus" filhos.

Sl 24:1 "Do Senhor é a terra e a sua plenitude; o mundo e aqueles que nele habitam."

3) Deus determinou um Propósito para a Família


Deus fez todas as coisas com uma finalidade preestabelecida. Isto significa que também a família tem uma intenção determinada. De antemão, Deus lhe designou um propósito e uma meta.

Ef 1:11 "Nele, digo, no qual também fomos feitos herança, havendo sido predestinados conforme o propósito daquele que faz todas as coisas segundo o conselho da sua vontade"

4) A Família existe para Deus

Tudo foi criado para Deus. Dessa forma a família existe para Ele, e não para o nosso próprio benefício. A felicidade e o bem-estar do homem são derivados, são acessórios, nunca o propósito central. O fim supremo da família é a glória de Deus.

O Propósito de Deus para a Família


Porque Deus instituiu o casamento? Para que Deu uma esposa a Adão? Porque os fez uma só carne?

Deus tem um propósito eterno:

» Desde antes da fundação do mundo Ele determinou ter uma grande família de muitos filhos semelhantes a Seu filho Jesus.

Rm 8:29 "Porque os que dantes conheceu, também os predestinou para serem conformes à imagem de seu Filho, a fim de que ele seja o primogênito entre muitos irmãos"

Ef 1:4-5 "como também nos elegeu nele antes da fundação do mundo, para sermos santos e irrepreensíveis diante dele em amor; e nos predestinou para sermos filhos de adoção por Jesus Cristo, para si mesmo, segundo o beneplácito de sua vontade"

» A família existe em função do propósito eterno de Deus, para cooperar com a sua realização. Deus quer ser pai de uma grande família.

Malaquias mostra o propósito de Deus ao fazer do homem e da mulher "uma só carne", quando diz:

Ml 2:15 "E não fez ele somente um, ainda que lhe sobejava espírito? E por que somente um? Não é que buscava descendência piedosa? Portanto guardai-vos em vosso espírito, e que ninguém seja infiel para com a mulher da sua mocidade."

Não foi Adão quem quis ter uma família, mas Deus. Deus deu ao homem a capacidade de se multiplicar e ter filhos. E essa descendência provê a Deus muitos homens e mulheres aos quais pode adotar como Seus filhos por meio de Jesus Cristo.

Gn 2:18 "Disse mais o Senhor Deus: Não é bom que o homem esteja só; far-lhe-ei uma auxiliadora que lhe seja idônea."

Deus não deu ao homem uma simples companheira, mas uma auxiliadora idônea, para que neles e através deles pudesse realizar seu plano.

A família foi criada e existe para cooperar com o propósito eterno de Deus de Ter uma família de muitos filhos semelhantes a Jesus Cristo. Dietrich Bonhorffer escreveu, de dentro de uma prisão nazista, a uma sobrinha que estava para se casar:

"O casamento é mais do que simplesmente vosso amor de um para com o outro. Tem uma dignidade e poder mais elevados, pois é o santo mandamento de Deus, por meio do qual Ele deseja perpetuar ao raça humana até o fim dos tempos. O vosso amor, diz respeito apenas a vós nesse mundo, mas no casamento, sois um degrau na escada das gerações, através da qual Deus faz vir e passar sua glória, e chama a seu reino. Em vosso amor, vedes o céu de vossa felicidade, mas em vosso matrimônio estais colocados em um posto de responsabilidade em relação ao mundo e a humanidade. Vosso amor é a vossa posição particular, mas o casamento é algo mais que o pessoal; é um estado, um ofício."

Como a Família coopera com o Propósito de Deus


1) Na procriação e criação dos filhos para Deus


É emocionante pensar que podemos ter filhos aos quais Deus deseja adotar como seus filhos. Como muda nossa atitude em relação as tarefas e responsabilidades familiares quando compreendemos isso.

Ter filhos ( sejam próprios ou adotivos ), criá-los, cozinhar, lavar , passar, trabalhar para o sustento diário, instruí-los, educá-los: tudo isso fazemos para Deus! Somos seus colaboradores. Estamos criando "Seus filhos".

Com este propósito todo o trabalho e esforço para a família se transforma em um serviço para Deus. A mesa de refeição ou a pia da cozinha são altares onde servimos a Deus. E se cumpre a visão de Zacarias.

Zc 14:20-21 "Naquele dia se gravará sobre as campainhas dos cavalos. SANTO AO SENHOR; e as panelas na casa do Senhor serão como as bacias diante do altar. E todas as panelas em Jerusalém e Judá serão consagradas ao Senhor dos exércitos; e todos os que sacrificarem virão, e delas tomarão, e nelas cozerão. Naquele dia não haverá mais cananeu na casa do Senhor dos exércitos."

É importante que os pais não só assumam a responsabilidade de criar filhos, mas de encaminhá-los ao Senhor. É necessário:

  • Orar por eles e com eles
  • Educá-los com o exemplo
  • Dedicar tempo a eles
  • Ensinar-lhes a Palavra de Deus
  • Levá-los a experimentar Deus de modo que se tornem Seus verdadeiros filhos

O casal que vai ao casamento com o objetivo de obter os benefícios do matrimônio, dificilmente chegará a ser feliz. Descobrirá que na vida em família não se encontram apenas benefícios, mas também trabalho, responsabilidades, dificuldades, lutas e sofrimentos.

Ao contrario, o casamento que vive para cumprir o propósito de Deus, tem uma atitude positiva. Não se amargura diante das tragédias, da luta e do sofrimento; ao invés disso, é feliz, sabendo que toda a vida é um serviço para Deus.

Essa família desfruta de benefícios legítimos? É claro que sim, é muito importante saber que Deus não forma uma família para si mesmo as custas da nossa felicidade. Deus quer que sejamos felizes e desfrutemos plenamente os benefícios que a vida em família nos oferece. Mas esses benefícios são secundários, são os "acessórios". O importante é seu propósito eterno.

E os casais que não podem ter filhos?

Todos os casais podem ter filhos, seja por gerá-los ou adotá-los. Há tantas crianças que precisam de pais!

E os que não se casam?

Podem se dedicar a outros aspectos do serviço na obra do Senhor. Jesus não se casou. Paulo não teve família. Mas os dois viveram totalmente entregues a cumprir o propósito de Deus.

2) Na formação e desenvolvimento do ser humano


A convivência familiar proporciona as circunstâncias ideais para nos conhecermos e aperfeiçoarmos. O lar é o lugar onde nossos defeitos ficam mais evidentes. O homem e a mulher chegam a se conhecer e descobrir a si mesmos no ambiente familiar.

É na convivência familiar que se forma o nosso caráter e também onde mais precisamos praticar as virtudes cristãs: amor, humildade, paciência, bondade mansidão, etc. Ali aprendemos a responsabilidade, a diligência, a submissão, a delicadeza, o serviço, a ordem, o respeito, a tolerância. Vivendo em família aprendemos a perdoar, suportar, confessar, negar a nós mesmos, exercer autoridade em amor, corrigir com bondade, sacrificar-nos pelos outros, orar, confiar em Deus, administrar, compartilhar.

O lar é a escola de formação, tanto para os pais quanto para os filhos. Deus usa a convivência familiar mais do que qualquer coisa para transformar nosso caráter, já que deseja nos conformar na imagem de Seu Filho, de acordo com seu propósito eterno. (Rm8:29)

3) Sendo uma base de crescimento e edificação da Igreja


Uma família abençoa as outras famílias. Deus quer usar nossos lares como base para extensão de Seu reino sobre a Terra. Não apenas cooperamos com Deus na criação de filhos e na formação das vidas, mas também para abrir nossos lares aos perdidos para que encontrem salvação e ensino da Palavra do Senhor.

O Valor da Família


1) A família no fundamento da estrutura social


Através da família, a sociedade se estrutura de maneira harmoniosa, coerente, dinâmica e natural. O que seria da sociedade se não existisse a família? Deus não poderia Ter "inventado" nada melhor que a família para conseguir integração, desenvolvimento e bom funcionamento da sociedade humana.

2) A família gera identidade, alicerce, proteção e cobertura


Estas são necessidades importantes de toda pessoa.

Sl 68:5-6 "Pai de órfãos e juiz de viúvas é Deus na sua santa morada. Deus faz que o solitário viva em família; liberta os presos e os faz prosperar; mas os rebeldes habitam em terra árida."

3) A família é o lugar onde se expressa e se desenvolve a plenitude da capacidade afetiva, psicológica, física e espiritual do homem e da mulher.


Sl 128 "Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera, no interior da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira, ao redor da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor. De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida, e verás os filhos de teus filhos. A paz seja sobre Israel."

Conclusão


Como família cristã, a compreensão destas verdades deve nos fazer refletir sobre nossos objetivos, nos levar a fazer as correções necessárias e a consagrar-nos ao propósito de Deus.

Oração

"Obrigado, Senhor, por entender melhor a tua vontade. O nosso casamento é Teu. Declaramos que nossa família existe para Ti. Talvez, quando casamos, pensávamos só em nós mesmos, mas hoje, ao compreender Teu propósito, pedimos perdão e corrigimos nosso rumo. Proclamamos que existimos como família para cumprir teu propósito eterno. Como família nos consagramos a Tua vontade. Amém."

Para pensar e conversar:

1. O que acontece com a família que vive sem um propósito claro, ou com objetivos errados? O que se pode fazer para corrigir este erro?
2. Resumir em uma breve declaração de fé os quatro pontos mencionados no item "Considerações Básicas".
3. Analisar os textos bíblicos de Rm 8:29 e Ef 1:4-5. Quantas coisas são reveladas ali sobre a família de Deus?
4. Por que Deus deseja adotar como Seus próprios filhos, os filhos que criamos em nossa família? Por que precisamos desejar isso?
5. Elaborar uma breve definição do valor da família, baseado nos pontos apresentados no item "O valor da Família"

Família: Artigos

A Família Cristã…

A Família Cristã

A Família existe para Deus. Ele é o cria…

Read More...

O Casamento…

O Casamento

O casamento não foi estabelecido por uma…

Read More...

A Criação de Filhos…

A Criação de Filhos

Deus poderia ter feito uma multidão de s…

Read More...

A Função de Cada Conjuge…

A Função de Cada Conjuge

É muito importante mostrar com clareza a…

Read More...

Divórcio e Novo Casamento…

Divórcio e Novo Casamento

É permitido ao homem ou à mulher divorci…

Read More...

Família, Um Projeto Celestial…

Família, Um Projeto Celestial

Família é uma idéia de Deus. Sua intençã…

Read More...

Nossos Livros

O Corpo de Cristo
Ricardo de Paula Meneghelli
Páginas: 88

Ano 2012
Editora Life

O Corpo de Cristo

O Corpo de Cristo - eBook

 

O livro que vai mudar sua forma de ver e entender a Igreja
Autor: Ricardo de Paula Meneghelli

Aborda o tema da natureza e origem da Igreja de maneira clara e didática tendo como base o próprio Senhor Jesus,  apresentando o plano de Deus para a edificação do formação do seu povo por meio do Espírito Santo.

Versão para iPad, Galaxy e Kindle.

Saiba Mais...

O Final Dos Tempos

O Final dos Tempos - eBook

 

Panorama Bíblico dos últimos dias conforme as palavra de Jesus
Autor: Ricardo de Paula Meneghelli

O livro apresenta o cenário geral dos últimos dias tendo como orientação principal as próprias palavras de Jesus sobre o assunto. Em seguida aborda as profecias do Antigo e do Novo Testamento.

Versão para iPad, Galaxy e Kindle.

Saiba Mais...